Câmara Municipal elege novo presidente para cargo de Prefeito itinerante

Câmara Municipal elege novo presidente para cargo de Prefeito itinerante

A Câmara de Itatiaia (RJ) elegeu um novo presidente, que também assume o cargo de prefeito de forma provisória, até que o novo chefe do executivo seja escolhido nas eleições suplementares. Após votação ocorrida nesta quarta-feira (15), o vereador eleito para o cargo foi Thiago Rodrigues Moreira (DEM). As eleições suplementares que vão escolher o prefeito

A Câmara de Itatiaia (RJ) elegeu um novo presidente, que também assume o cargo de prefeito de forma provisória, até que o novo chefe do executivo seja escolhido nas eleições suplementares.

Após votação ocorrida nesta quarta-feira (15), o vereador eleito para o cargo foi Thiago Rodrigues Moreira (DEM).

As eleições suplementares que vão escolher o prefeito e o vice-prefeito de Itatiaia (RJ) estão marcadas para o dia 13 de março de 2022. A decisão foi tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ).

Segundo o TRE, as convenções destinadas a deliberar sobre a escolha dos candidatos a prefeito e a vice e a formação de coligações serão realizadas no período de 26 a 30 de janeiro de 2022.

Os partidos políticos e as coligações têm até o dia 4 de fevereiro de 2022 para solicitar o registro de candidatura.

Desde o dia 10 de junho, o então presidente da Câmara de Vereadores, Silvano Rodrigues da Silva (PSC), vinha conduzindo a gestão do poder público municipal de forma interina, depois que o também interino, Imberê Moreira Alves (PRTB), foi afastado do cargo por suspeita de improbidade administrativa.

O afastamento de Imberê é resultado da operação Apanthropía, conduzida pelo Ministério Público, que apurafraudes na prefeitura de Itatiaia.

“As investigações demonstraram que o prefeito interino aparelhou diversas secretarias do município, aumentando ainda mais o alcance da organização criminosa em questão, antes restrita à Secretaria de Saúde, para outras secretarias municipais […] Itatiaia atualmente é administrada por uma sólida estrutura criminosa instalada em diversas secretarias municipais, sendo raros os episódios em que o prefeito interino comparece à prefeitura”, explicou o MPRJ.

Imberê havia substituído Eduardo Guedes, o Dudu (PSC), que venceu a eleição para prefeito em 2020, mas teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nem chegou a assumir o mandato.

Dudu foi eleito em 2016 e reeleito em 2020, mas tinha assumido o cargo de prefeito provisório em 6 de julho de 2016, a 89 dias antes de sua primeira vitória nas urnas. No entendimento do TSE, a reeleição em 2020 configurou um terceiro mandato consecutivo, o que é proibido.

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos