Chuva forte em vários locais de Petrópolis: Defesa Civil aciona sirenes

Chuva forte em vários locais de Petrópolis: Defesa Civil aciona sirenes

As ruas de Petrópolis, na Região Serrana, voltaram a ficar alagadas nesta terça-feira (22) por causa de uma forte chuva que atingiu a cidade nesta tarde. Houve registros de chuva em Valparaíso, na Mosela, no Quitandinha e no Bingen. Quem estava na rua usou marquises de construções para se abrigar. Em nota, a prefeitura informou

As ruas de Petrópolis, na Região Serrana, voltaram a ficar alagadas nesta terça-feira (22) por causa de uma forte chuva que atingiu a cidade nesta tarde.

Houve registros de chuva em Valparaíso, na Mosela, no Quitandinha e no Bingen. Quem estava na rua usou marquises de construções para se abrigar.

Em nota, a prefeitura informou que, com um registro de 41 milímetros de chuva em uma hora, foi acionado o toque de mobilização das sirenes do Quitandinha, nas localidades do Duques, Amazonas e Rio de Janeiro. Anteriormente, o órgão procedeu com envio de SMS e toque de alerta de chuva de intensidade moderada a forte em todo o município. A Rua Bingen registrou inundação e foi interditada pelas equipes da CPTrans, com o apoio de militares que oferecem suporte à cidade, que ajudaram na orientação aos motoristas.

A Defesa Civil segue no monitoramento das condições meteorológicas e pode enviar atualizações a qualquer momento com alteração na previsão. A orientação é que, em caso de chuva forte, a população busque local seguro em casa de familiares, fora de área de risco ou em um dos pontos de apoio mantidos pela Prefeitura.
O município mantém 13 escolas abertas para o acolhimento dos moradores de área de risco, que são:

1. E. M. PAPA JOÃO PAULO II    (Rua São Sebastião, 625 – São Sebastião)
2. E. GERMANO VALENTE         (Rua Dr. Sá Earp, 88 – Centro)
3. E. RUBENS DE CASTRO BOMTEMPO   (Rua Permínio Schimidt, s/n – Vila Felipe)
4. CEI CHIQUINHA ROLLA    (Rua Campos, s/n – Quitandinha)
5. E. M. GERALDO VENTURA DIAS   (Serra Velha da Estrela, s/n – Meio da Serra)
6. E. M. DUQUE DE CAXIAS (Travessa Luciano Camarota, 78 – Quissamã)
7. E. PAROQUIAL BOM JESUS (Rua Dr. Thouzet, 820 – Quitandinha)
8. E. M. ALTO INDEPENDÊNCIA (Rua Leonor Maia, 1.056 – Alto Independência)
9. E. M. JOAQUIM DEISTER (Rua Dr. João Glass Veiga, s/n – Floresta)
10. E. COMUNIDADES SANTO ANTÔNIO (Rua Coronel Albino Siqueira, 197 – Alto da Serra)
11. E. M. MARIA CAMPOS (Rua Buenos Aires, 108 – Centro)
12. E. SÃO JOÃO BATISTA (Rua Luiz Winter, s/n. Duarte da Silveira)
13. E. PAROQUIAL NOSSA SENHORA DA GLÓRIA    (Rua Augusto Severo, s/n – Morin)

Até o início da noite desta terça, a maior tragédia que a cidade já enfrentou havia deixado 195 mortos, segundo o Corpo de Bombeiros, e 69 desaparecidos.

A Polícia Civil informou que, entre as vítimas fatais, há 113 mulheres e 73 homens — 33 são crianças ou adolescentes. Ao todo, 179 corpos foram identificados, e outros 170 liberados.

O IML recebeu ainda partes de outros nove corpos – nesse caso, não é possível identificar se são de homem ou de mulher. Por isso, será preciso fazer coleta de material genético de parentes.

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos