Presidente da Câmara de Valença faz comentários machistas em sessão

Presidente da Câmara de Valença faz comentários machistas em sessão

O presidente da Câmara Municipal de Valença (RJ), José Reinaldo Alves Bastos, mais conhecido como Naldo, fez comentários machistas durante uma reunião plenária entre os vereadores na última terça-feira (28). Quando se encerrou a sessão, o vereador Naldo, do PTRB, iniciou uma conversa com alguns colegas parlamentares e ironizou a vereadora Fabiani (PMB), insinuando que

O presidente da Câmara Municipal de Valença (RJ), José Reinaldo Alves Bastos, mais conhecido como Naldo, fez comentários machistas durante uma reunião plenária entre os vereadores na última terça-feira (28).

Quando se encerrou a sessão, o vereador Naldo, do PTRB, iniciou uma conversa com alguns colegas parlamentares e ironizou a vereadora Fabiani (PMB), insinuando que ela estava com sono por causa do marido.

Logo em seguida, o político relembrou uma conversa com o vice-presidente da Câmara, Bernardo Machado (PSC), que disse que o vereador Dr. Eduardo Hanke (PSC) “estraçalharia” uma mulher.

Os comentários vazaram no microfone e foram escutados na transmissão simultânea da Câmara de Vereadores pelo Facebook. Rapidamente, o caso viralizou nas redes sociais.

Em nota, a Comissão OAB Mulher da Seccional do Rio de Janeiro repudiou o caso e disse que se solidariza com a vereadora e todas as mulheres que são alvo de ataques machistas e se coloca à disposição para contribuir no enfrentamento dessas questões (leia abaixo o comunicado na íntegra).

“A Comissão OAB Mulher vem a público manifestar seu total repúdio às falas machistas proferidas pelo vereador Naldo, da Câmara Municipal de Valença, na última terça-feira.

Ao insinuar que a vereadora estava morrendo de sono por ser casada com Fabrício, o parlamentar mostrou seu completo desrespeito às mulheres e à instituição do casamento, além de promover preconceitos e estereótipos machistas.

Além disso, ao falar sobre a possibilidade de Hanke “estraçalhar” uma mulher ruivinha, o vereador se revela um agressor em potencial, incentivando a violência contra as mulheres e reforçando a cultura do estupro.

A Comissão OAB Mulher reitera que atos como esses não podem ser tolerados em nenhuma circunstância, nem dentro nem fora do ambiente político. É preciso que a sociedade se una para combater todas as formas de opressão e violência contra as mulheres, e exigir que seus representantes públicos estejam comprometidos com a igualdade de gênero e os direitos humanos.

Por fim, a Comissão OAB Mulher se solidariza com a vereadora e todas as mulheres que são alvo de ataques machistas e se coloca à disposição para contribuir no enfrentamento dessas questões”, disse Flávia Pinto Ribeiro, presidente da Comissão OAB Mulher.

O vereador Naldo se pronunciou durante a sessão ordinária desta quinta-feira (30). No comunicado, o parlamentar reconheceu que as palavras foram ofensivas e inapropriadas e disse que sente muito por ter causado desconforto ou dor às mulheres.

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos